O carteiro vem com um veículo elétrico

#tkgoesIAA | A Deutsche Post entrega as cartas e os pacotes com um carro elétrico. O que é especial nisso: A empresa fabrica os seus próprios veículos – com ajuda da thyssenkrupp.

O peso máximo admissível de um StreetScooter completamente carregado é 2.130 quilogramas. Por isso, fizemos uma excepção para esta foto com Achim Kampker (l.) e Andreas Breidenbach no teto do carro.

Lá vai o correio: Com o StreetScooter a Deutsche Post é pioneira da mobilidade elétrica. No âmbito de uma pesquisa, Achim Kampker, ex-professor na RWTH Aachen, desenvolveu o protótipo de um veículo comercial elétrico. É possível que este StreetScooter revolucione a entrega de pacotes na Alemanha e também no mundo todo.

Já em 2010 a thyssenkrupp participava como parceiro de desenvolvimento estratégico. Com materiais e componentes, as Business Areas Components e Steel apoiam o projeto. “Optamos por uma construção leve económica e uma estrutura de aço da carroçaria, revestida com uma camada exterior de plástico“, diz Andreas Breidenbach da área de tecnologia e inovação na Steel.

Em série: Até 10.000 veículos comerciais elétricos por ano são produzidos em Aachen.

Aço e mobilidade elétrica andam juntos

“Foi um desafio enorme“, relata Breidenbach. “A carroçaria tem de proteger os passageiros e a bateria do veículo elétrico. Com os nossos novos desenvolvimentos mostramos que o aço é importante para a mobilidade elétrica.“

E os amortecedores da Bilstein também tem uma tarefa importante. Pois o peso máximo admissível de um StreetScooter completamente carregado é 2.130 quilogramas. No final de um longo dia de entrega é possível que o peso monte a meia tonelada menos. Para permitir um amortecimento equilibrado, mesmo assim, a coordenação deve ser feita com muito cuidado.

Otimistas: Achim Kampker (à esq.) e Andreas Breidenbach estão convencidos de que o conceito do StreetScooter vai se impor

Startup no Grupo mundial

O primeiro protótipo foi muito atraente e captou a atenção da Deutsche Post. “Naquela altura, ela estava a procurar uma camioneta elétrica funcional a preço favorável”, diz Achim Kampker. O modelo do StreetScooter se encaixou perfeitamente no conceito do correio alemão. Assim, em 2014 a distribuidora de pacotes assumiu a empresa startup com o gerente Achim Kampker e tornou-se uma construtora de automóveis.

“Queríamos provar que é possível produzir mobilidade elétrica em pequenas unidades a preços razoáveis e que longos tempos de desenvolvimento não são necessários.“

ACHIM KAMPKER, gerente da StreetScooter GmbH

Em 2016 já 2.000 StreetScooters que não produzem emissões circulavam nas estradas alemãs – com elementos de construção leve da Steel e amortecedores da Bilstein. Os sinais apontam no sentido de crescimento. A longo prazo, todos os 45.000 veículos da frota da Deutsche Post devem ser substituídos. Além disso, todos os dias Achim Kampker recebe telefonemas de empresas estrangeiras interessadas. “A procura é enorme“, diz ele. “Carros com motores de combustão vão ser história mais rapidamente do que os especialistas estão a prever.“ E a thyssenkrupp fornece a base para a revolução eletromóvel na estrada.