Segunda planta de polímeros para a KÖKSAN na Turquia

O negócio de engenharia de plantas da thyssenkrupp ganhou um segundo pedido do produtor turco de embalagens KÖKSAN para uma nova planta de produção de PET. A planta será construída em Gaziantep, na Turquia, ao lado de uma linha de produção existente montada pela thyssenkrupp em 2013. Sua construção dobrará a capacidade de produção do local para 432.000 toneladas de PET por ano. A conclusão e o comissionamento estão planejados para 2022.

zoom

A thyssenkrupp vai construir uma nova fábrica para a Produção de PETS em Gaziantep, Turquia, próxima a uma linha de produção estabelecida em 2013.

A planta usará o processo de fusão por resina (MTR®) patenteado pela subsidiária da thyssenkrupp Uhde Inventa Fischer para produzir vários tipos de resina. Com esse investimento, a KÖKSAN pretende fortalecer sua posição no mercado nacional e na região. O PET será fornecido ao mercado local e também a países do Oriente Médio, CEI, América, Europa e África.

Werner Steinauer, CEO da Uhde Inventa-Fischer: “Estamos muito orgulhosos que a KÖKSAN nos escolheu para construir outra fábrica de PET de última geração. Nosso comprovado processo MTR oferece muitas vantagens em comparação às tecnologias convencionais, incluindo, por exemplo, consumo otimizado de energia e menores custos de produção. Além disso, a planta pode ser alimentada com uma certa quantidade de PET reciclado para atender às novas necessidades dos clientes e autoridades locais.”

O escopo de fornecimento e serviços da thyssenkrupp inclui a licença, engenharia básica e detalhada, fornecimento de todos os principais equipamentos da fábrica e supervisão das atividades de montagem e comissionamento. Além disso, o pessoal operacional da KÖKSAN será treinado pelos especialistas da thyssenkrupp.

M. Murat KÖKOĞLU, CEO da KÖKSAN: “Estamos muito felizes em anunciar a assinatura do segundo contrato com a thyssenkrupp, já que a primeira linha de produção em Gaziantep oferece continuamente excelente desempenho e qualidade do produto. Além disso, atualmente estamos examinando a construção conjunta de uma outra planta de polimerização de PET baseada em PET reciclado químico para várias aplicações têxteis e de embalagens.”

Vantagens econômicas e ambientais devido à produção eficiente de recursos e reciclagem de PET

O processo MTR desenvolvido pela thyssenkrupp é um processo contínuo de policondensação que evita a necessidade das etapas do processo de estado sólido pós-condensação na produção de resina PET. Isso leva a uma economia substancial de energia, custos reduzidos de investimento, operação e manutenção e um maior rendimento de matéria-prima em comparação com as tecnologias convencionais. A tecnologia atende à demanda atual de sustentabilidade, reduzindo a pegada de carbono em termos de combustível e energia elétrica em até 30%.

Além disso, uma adaptação das plantas com a tecnologia de reciclagem FTR (flocos para resina) da thyssenkrupp é possível a qualquer momento e permite a substituição de até 50% das matérias-primas sem afetar as aprovações de alimentos para o produto final. O processo é baseado na tecnologia de 2 reatores, que usa os reatores patenteados ESPREE® e DISCAGE® para obter as viscosidades de alto ponto de fusão desejadas.